Dica

Dicas para administrar as compras

Diversas vezes, nos distraímos com uma peça bacana, uma roupa com estampa bonita e acabamos levando ela pra casa sem pensar. Só nos damos conta disso na hora de combinar a tal peça, que por acaso precisava ser combinada com uma blusa branca que você não tem, porque esqueceu de comprar. Já aconteceu com vocês? Comigo já. E porque isso acontece? Por pura falta de organização. Nos distraímos com as vitrines, com as promoções e acabamos levando as coisas bonitas, mas que não batem com aquilo que está faltando no seu guarda-roupa.

Untitled | via Tumblr

Por isso, hoje vou dar algumas dicas de como administrar melhor o que nós estamos comprando, com o que queremos comprar, aliados ao que estamos realmente precisando. Pois eu tenho certeza que o que acontece comigo, pode acontecer com vocês também, que é esquecer o nosso real objetivo de ter saído às compras, nos distraindo com aquele mundo de roupas à nossa frente! Vamos lá?

Primeiro passo é identificar o que realmente está fazendo falta no armário e uma vez identificado, ANOTE! Simples né? Pode ser no celular, na agenda, numa folhinha do mural, em qualquer lugar, mas anote. Uma dica que eu dou é anotar no momento em que estivermos nos arrumando, que é onde visualizamos melhor o que realmente está fazendo falta. Fazendo isso com frequência nós teremos uma lista e poderemos partir para o próximo passo!

O segundo passo é gerenciar o que é mais importante, o que estamos precisando mais. É aquele brinco que você tanto quer ou uma calça jeans, já que a sua está desbotada? Priorizar é sempre muito importante! O terceiro passo é levar a lista quando sair pra fazer as compras! Se você tem memória boa, vai na fé. A dica bônus é manter a calma! Não saia com a lista querendo zerar ela em apenas um dia. No máximo, você não vai encontrar tudo que precisa, vai acabar cansada ou individada ok? Vá eliminando os itens da lista com calma e aos poucos, vai ter tudo o que precisa.

Shopping

Gostaram das dicas? Vocês tem algum truque na hora das compras? Conta pra mim nos comentários, beijos!

Anúncios

Fontes para baixar

Quem aqui nunca viu uma frase escrita numa foto e ficou querendo sabe qual o nome da fonte pra usar também? Pois é, sempre acontece! Fazendo faculdade de Publicidade e Propaganda aprendi várias coisas legais que me ajudam bastante no blog, e adoro mexer no InDesign (software da Adobe Systems desenvolvido para diagramação e organização de páginas) para fazer apresentações, e até mesmo fotos para as redes sociais. Adoro ficar escolhendo tipografia, e hoje vou dar algumas dicas pra vocês. Se você não sabe instalar fontes no seu computador é só seguir esse post do site TecMundo (aqui), onde eles ensinam passo a passo de como instalar.

Vou mostrar pra vocês algumas fontes que eu gosto bastante, e disponibilizar o site abaixo pra quem quiser baixar também:

tipografia blogAvenir Condensed
DK Sleepy Time
Basic Title Font
Ice Cream Sandwich
Moon Flower Bold

Gosto dessas fontes para escrever títulos, ou frases mais chamativas. Espero que vocês gostem, e em breve compartilho outras fontes com vocês :)

Outubro Rosa + Ibirapuera

Ok, com tantas fotos que estou divulgando nas minhas redes sociais, já dá pra saber que estou super apoiando o mês Outubro Rosa né? E pra quem ainda não sabe o que é, hoje vou explicar pra vocês e falar sobre uma dica de passeio.

O que é: O movimento conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, e hoje vários países estão juntos apoiando. A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação.

Mais informações acesse o site oficial.

10347715_776158532405166_8907108937719843373_n

No mês mundial de combate à mortalidade por câncer de mama, o Instituto Avon leva ao Parque Ibirapuera, uma roda-gigante iluminada na cor rosa. O evento conta com diversas atrações voltadas à causa, incluindo luzes, um espetáculo multimídia na fonte do parque e mamografias para mulheres com 40 anos ou mais. No último domingo eu fui visitar o espaço, e fiquei encantada *-* (preparem-se para várias fotos)

DSCN3874 DSCN3880 DSCN3877

“A roda tem uma grande simbologia, representa os altos e baixos da mulher que enfrenta o câncer de mama, e mostra a necessidade de ela ser apoiada”, comenta Lírio Cipriani, diretor executivo do Instituto Avon. “Queremos chamar a atenção para o fato de que muitas mulheres ainda morrem por causa dessa doença, e o maior acesso aos exames preventivos pode mudar este cenário”. É tudo gratuito! A única exigência é: para ir na roda-gigante, tem que assistir um vídeo que demora entre 3 à 5 minutos sobre a prevenção e algumas dúvidas frequentae sobre a doença. E ainda tem um espelho que você pode deixar sua mensagem com batom rosa

DSCN4002 DSCN4007

Doe sua selfie: Durante todo o Outubro Rosa, a cada foto postada com a hashtag #giropelavida, divulgando a causa no Instagram, o Instituto Avon doará R$ 1,00 para a casa da Mama (até o limite de R$ 20 mil).

DSCN3902 page1

Mais informações:

GIRO PELA VIDA – Roda Gigante no Parque Ibirapuera
Data: 3 a 12 de outubro de 2014
Horários: 2ª a 6ª feira, das 14 às 20 horas; sábados e domingos, das 10 às 22 horas.
Gratuito
(Menores de 12 anos devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis
Acesso para pessoas com mínimo de 1,10 metro de altura, independentemente da idade)

Dicas para Fotografar

Esse é um dos assuntos do qual recebo mais perguntas, então resolvi criar esse post. Na hora de fotografar devemos ter alguns cuidados e claro que tem alguns truques para que as fotos não saiam repetitivas. Sempre me interessei muito por foto, e com a faculdade aprendi muita coisa e com o tempo fui pegando o jeito. Não é difícil, é questão de prática e de gosto.  A iluminação conta bastante, muitas fotos nem precisam de efeito. Então vamos as dicas!

Untitled
 .

1) Saia do comum: Esqueça os lugares mais visitados e cheios de turistas. Explore a região e busque locais menos conhecidos – eles podem ser tão ou mais legais que os outros.

2) Olho no detalhe: Faça fotos de pequenos detalhes e procure ângulos diferentes, inusitados. Por exemplo, ao invés de colocar sua amiga bem no centro da foto, enquadre apenas seu sorriso, seu olhar, suas mãos, seu cabelo, e deixe o fundo desfocado.

3) Flores e insetos: Sempre dão fotos legais. Mas existe um truque: use o modo “macro” da sua câmera, aquele que é representado por uma flor, para conseguir se aproximar sem perder o foco.

:) | Flickr - Photo Sharing!

4) Na praia: Frases, pegadas ou desenhos na areia são maneiras diferentes de passar seu recado de modo original e sempre rendem imagens interessantes.

5) Procure fundos coloridos: Eles chamam mais a atenção. Mas mantenha o resto da imagem simples, para não deixar a foto um verdadeiro “carnaval”.

6) Nada de pose: Quando fotografar suas amigas, crie situações descontraídas, fotos forçadas não ficam bem.

UntitledRy

7) Crie situações divertidas: Faça bolinhas de sabão, fantasie-se, compre um pirulito grande e colorido, bexigas. Invente situações que possam resultar em boas fotos.

Summersometimes you just need to take the first step

8) Desconhecidos na mira: Na hora de fotografar paisagens, espere por um momento especial para deixá-la mais atraente: pode ser um cachorrinho que passe brincando com o dono, duas crianças se divertindo, um casal de mãos dadas.

9) Busque inspiração: Procure no Flickr, no We ♥ It, fotos que você curta. Não tenha medo nem vergonha: tente fazer parecido, buscando elementos que se pareçam com as imagens que gosta.

Staring at the Mirrorhappy | Tumblr

10) Melhor hora: Tente fazer suas fotos à tarde ou de manhã, pois são as horas em que a luz está melhor. (fotografar no sol não é uma boa ideia, tente apenas aproveitar a iluminação, mas não diretamente ele) À noite, para fotografar na balada, por exemplo, procure um local mais iluminado.

11) Cuidado com o brilho da pele oleosa: Passe um pouquinho de pó antes, evite o uso do flash direto. Prefira o modo que mistura a luz ambiente com a do flash se sua câmera tiver corretor de olhos vermelhos, use. Se não, desencane e brinque de diabinha, roupas muito claras ou muito volumosas podem engordar, sorria muito e sempre!

❤️Statigram – Instagram webviewer

12) Enquadramento: Tente fugir da mania de colocar o assunto sempre no meio da foto. Deslocar o objeto principal da imagem pode fazer toda a diferença para deixá-la mais interessante. Divida mentalmente o visor da câmera em três colunas e três linhas, como em um jogo da velha. As intersecções das linhas são os pontos mais interessantes da sua foto. As linhas em si também mostram pontos de destaque, para colocar os olhos de uma pessoa ou o horizonte, por exemplo.

13) Flash desnecessário: Uma das coisas mais complicadas na fotografia é aprender a usar o flash de forma correta. Usar o flash muito em cima pode deixar a foto toda clara, e muito longe, escura. Lembre-se que o flash tem um alcance limitado, de normalmente três a cinco metros, às vezes um pouco mais. Não adianta deixar o flash ligado em uma foto onde o foco é um objeto a 30 metros. Um bom exemplo de mau uso do flash são shows. Em linhas gerais, não é necessário luz extra alguma nesse caso. A luz do palco é mais do que suficiente para sua foto. Usar flash só vai iluminar as cabeças de quem está na sua frente, fazendo sumir o resto.

14) Flash necessário: Um ambiente escuro não é o único lugar onde o flash é um acessório necessário. Em uma foto contra-luz, por exemplo, o flash pode ser usado como preenchimento. Quando você for tirar uma fotografia de alguém com uma fonte de luz ao fundo, como o sol, por exemplo, você pode notar que o sol vai ficar brilhante e somente a silhueta da pessoa vai aparecer. Neste caso o flash irá suprir a falta de luz, deixando ambos visíveis.

 diamonds | via Tumblr

15) Cuidado com o fundo: Tenha muito cuidado ao selecionar o local onde você vai tirar um retrato. A escolha do que aparece ao fundo é tão importante quando o que vem em primeiro plano. Cores vibrantes, linhas e outros objetos podem interferir ou tirar a atenção do foco. Um erro engraçado, porém muito comum, é tirar foto de uma pessoa em frente a uma árvore onde os galhos parecem formar chifres sobre sua cabeça.

Fotos | via Tumblr

16) Retratos: Aproxime-se. Não tenha medo de chegar perto. Se quiser, pode até cortar um pouco da parte de cima da cabeça. A esta distância é possível reparar em detalhes como sardas e cílios.

18) Fotos verticais: Muitos assuntos exigem uma foto vertical. Se o foco tiver mais linhas verticais, como um farol ou uma escada, vire a câmera.

☀️

19) Aproveite a luz: Não há luz mais bonita que a luz natural do sol. Sempre que puder, aproveite-a. Posicione-se de forma a deixar a fonte de luz à suas costas, aproveitando assim a iluminação. É impressionante quanta diferença pode fazer um simples passo para o lado. A luz difusa de um dia nublado é excelente para realçar cores e suavisar contornos, sendo excelente para tirar retrados. É preciso de muito cuidado ao usar o flash. A luz dele, além de forte, tem uma cor diferente a do ambiente. Uma luz dura vai deixar rugas e imperfeições muito mais aparente. Já notou como sempre se fica feio em foto 3×4? Eis a resposta.

Essas dicas não passam de DICAS! Você pode ou não seguir á risca, mas NUNCA abandone seu jeito de ser, ok? Não tente demonstrar algo que você não é, não tente parecer que tem um estilo que não tem! Procure mostrar um pouco de você nas fotos sempre.

Exposições em São Paulo

Está à toa nas férias e mora em São Paulo? Que tal sair de frente da televisão/computador e ir conferir uma boa exposição de arte? Separei 3 exposições que você não pode perder.

1- Obsessão Infinita – Yayoi Kusama 

No instituto Thomie Othake, obras da artista japonesa  Yayoi Kusuama entre 1949 e 2012 são expostas, traçando um panorama reflexivo e de desenvolvimento de sua carreira, ilustrando a capacidade de renovação nas diferentes fases de sua pintura e nas suas composições de gravura e escultura.

Quando: 21 de maio a 27 de julho de 2014
Onde: Instituto Thomie Othake –  R. Coropé, 88 – Pinheiros
Preço: Gratuito
Horário: Terça a domingo, das 11h às 20h.
Mais informações: http://www.institutotomieohtake.org.br/

2 – Castelo Rá-Tim-Bum – A Exposição

Em comemoração aos 20 anos do seriado infantil da TV Cultura, o programa ganhará no MIS uma exposição dividida em três partes: a primeira irá apresentar ao público os figurinos e objetos usados nas gravações da série infantil. Em outro ambiente, imagens, histórias dos colaboradores que fizeram parte da produção. A terceira parte da exposição será responsável por retratar parte do cenário do Castelo. A ideia não é fazer uma versão 2014 do Castelo, mas recriar o clima dele com tecnologias que temos hoje.

Quando: 16 de julho a 12 de outubro de 2014
Onde: No Museu da Imagem e Som (MIS) – Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Preço: Até R$10,00.
Horário: Terça a sexta, das 12h às 21h. Aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.
Mais informações: mis-sp.org.br

3- OSGEMEOS – A Ópera da Lua 

Os desenhos e grafitis assinados pela dupla OSGEMEOS são facilmente reconhecidos pela multiplicidade de técnicas que revelam naturezas fantásticas, imagens de origens diversas e elementos surreais, sempre repletos de cores. A mostra “A Ópera da Lua” reúne cerca de 30 pinturas, três esculturas e uma vídeo-instalação 3D. O destaque da exposição vai para uma obra inédita, desconhecida do público. O que dá pra adiantar é que a peça é a maior escultura já realizada pelos artistas, um projeto secreto.

Quando: 1 de julho a 16 de agosto 2014
OndeRua James Holland, 71. Barra Funda – Oeste – São Paulo
Preço: Gratuito.
Horário: TerçasQuartasQuintas e Sextas das 10:00 às 19:00. Sábados das 10:00 às 18:00.
Mais informações: www.fortesvilaca.com.br

fica a dica

Eu já fui na exposição Obsessão Infinita, e super indico! Além de esculturas psicodélicas, tem pinturas originais caracterizadas pela repetição obsessiva de pequenos arcos pintados, salas cheias de luz e muito mais. Dicas: vá com alguma peça de roupa branca, porque tem várias salas com luz neon, e as blusas ficam ‘acesas’, e pra tirar foto é bem legal! E vá preparado pra enfrentar filas, o dia que eu fui as filas estavam bem grandes, mas até que andam rápido… Tem muita criança visitando a exposição nesse período de férias, mas a exposição agrada todas as idades.

exposiçãoexposiçao2exposiçao1

A sala com bolinhas coloridas é a que tem mais tem fila, porque além de todo mundo querer deixar sua marca na exposição (você ganha uma cartela com bolinhas para grudar nas paredes e objetos), você entra na sala, e não tem tempo pra sair, então além de ser pequena, entra muita gente, todo mundo quer ficar colando bolinha e não é fácil conseguir um espaço legal para tirar foto  (quase impossível com a exposição lotada).

A sala com espelhos e detalhes brancos e vermelhosalém de ser pequena, você só tem 20 segundos – que são cronometrados pelo segurança – pra ficar lá dentro e tirar foto. A sala com bolas gigantes rosa, você anda já com medo de encostar nas bolas, porque não pode… e no dia que eu fui não tinha fila pra entrar. E as minhas fotos não ficaram tão legais, então já estou me programando pra voltar na exposição! hahaha

Como chegar: Metrô na linha amarela – Faria Lima – é na mesma rua da exposição, e você já enxerga o prédio rosa, cinza e azul.