Entrevista

Entrevista no Portal G1

MÃÃÃÃÃE, TO NA GLOBO! Quem me acompanha nas redes sociais já devem ter visto por aí a minha alegria e animação, comemorando a entrevista que saiu no Portal G1 sobre o livro ”Não se Apega, não”, da Isabela Freitas. No final de setembro fui convidada para participar dessa entrevista com as fãs do livro, e claro que eu aceitei na hora. O encontro aconteceu no Starbucks na Avenida Paulista numa sexta-feira de muita chuva, trânsito e caos em São Paulo, mas nada estragou a ansiedade das meninas que também estavam comigo para dar entrevista. (obrigada aos pais que acompanharam e tiveram paciência para andar na chuva, em especial a minha irmã e meu pai ♥)

entrevista

 Claro que tirei um print da tela pra sempre olhar e me sentir feliz por estar no site da Globo hahahaha

Encontro das Bebeletes, a partir da esquerda, em sentido horário: Isabella Prado, 20; Marcela Manjack, 18; Stephani, 17; Natália Ramos, 14;  Rafaélla Mantovani, 15; e Janaina Capel

Isabella Prado, 20; Marcela Manjack, 18; Sthefani Monteiro (eu), 17; Natália Ramos, 14; Rafaélla Mantovani, 15; Janaina Capel, 21.

Todas nós somos fãs do livro da Isabela Freitas, e de alguma forma o livro mudou nossa vida, não só não forma de pensar, mas também como agir em diversas situações. ”Isabella Prado, 20 anos, diz ter encontrado um livro que a ajudou a enfrentar “uma depressão muito grave” e a anorexia. Marcela Manjak, 18, conta que conseguiu superar um fim de namoro. Já Sthefani Monteiro, 17, se deu conta de que tinha roupas demais e resolveu fazer uma grande doação. São desfechos diferentes para histórias que têm uma origem comum: o best-seller “Não se apega, não”, de Isabela Freitas.” (Portal G1)

freitas

A Isa ficou sabendo da entrevista, e até colocou nossa foto no instagram e no twitter dela *-*

IMG_3615

Foto do look escolhido para a entrevista:

IMG_3574

Espero que vocês tenham gostado, e pra quem quiser conhecer mais sobre o livro, leia a resenha aqui. E pra conferir toda a matéria no site, CLICA AQUIDesapegue de tudo que não vale a pena

Dia da Fotografia com Thainara Parisoto

Para comemorar o dia da fotografia, queria fazer algo diferente para postar… E surgiu a ideia de entrevistar uma fotografa! Alguém que gostasse realmente detirar fotos e decidiu seguir essa carreira como profissão.

A escolhida foi a Thainara Ferreira Sousa Parisoto, conheço ela por ter estudado na mesma escola em que eu estudei. A libriana nasceu dia 20 de outubro de 1993 em Osasco. Seu sonho é ter sucesso em sua carreira, e é viciada em filmes e série. Fiz algumas perguntas e ela me respondeu, espero que vocês gostem da entrevista :)


Uma curiosidade sua: Para mim, fala-se “trabisseiro”, mas escreve travesseiro. HAHAHA! Não, não estou zoando. Meus amigos me zoam com isso até hoje!

Como surgiu a vontade de fazer faculdade de fotografia? Acredite ou não, pela graduação de publicidade. Passei no vestibular para fazer publicidade e propaganda e meu pai me questionou o porquê de eu querer fazer o curso, eu respondi dizendo que na publicidade queria me especializar em fotografia publicitária e ele me perguntou “mas, porque você irá fazer publicidade?” e a partir dessa frase, meu mundo “caiu” e eu mudei tudo. Fiz um curso básico e simplesmente me apaixonei mais por fotografia e aí decidi seguir meu sonho de fazer faculdade de fotografia.

Você já fez algum curso para aprimorar as técnicas? Sim, eu fiz um curso básico de formação em fotografia pelo SENAC.

O que você gosta de fazer nos seus tempos livres, além de fotografar? Sou uma cinéfila assumida, viveria no cinema se pudesse.

O que a fotografia significa para você? Amor. Memória. Felicidade. Pra mim, não é só uma foto que eu tirei e achei bonitinha, fotografia é marcar a pessoa de alguma forma.

O que te inspira ao fazer uma foto? Tudo depende do que eu estou fotografando. Se for uma paisagem, gosto de mostrar aquilo que ninguém vê; ou que vê, mas não admira; exemplo do céu com a suas mudanças de cores que ninguém admira! E, se for pessoas, gosto de mostrar a essência dela.

Muitas pessoas acham que fotografar é fácil e que todo mundo sabe tirar uma boa foto, mas sabemos que isso não é verdade. Tem alguma curiosidade que você descobriu fazendo o curso que talvez muitas pessoas não soubessem? A história da fotografia é incrível. Eu fico simplesmente encantada na aula; como por exemplo, pela fotografia surgiu o cinema ou até mesmo, nas primeiras fotos de retrato as pessoas tinham que ficar paradas na mesma posição por volta de uns 40 minutos (existiam equipamentos para segurar a pessoa para que ela não se movesse) para conseguir tirar uma fotografia, por isso, que nas primeiras fotografias elas não sorriam.

Dizem que entrar no mercado profissional é complicado, você já está em busca de algum estágio ou um lugar para trabalhar? Sim, com certeza. A graduação de fotografia não exige um estágio, mas é sempre bom procurar um por questão de aprendizado e a possibilidade de ter um emprego fixo futuramente.

O que chama atenção para você em uma fotografia? Você prefere fotografar pessoas ou paisagens? Pessoas. Gosto de lidar com pessoas, e principalmente, ver a expressão delas ao ver o resultado. O melhor é elas não acreditarem que são elas mesmas na foto.

Quais suas ambições no mundo da fotografia? Tem algum sonho que deseja realizar seguindo essa profissão? Eu tenho um desejo de fotografar algum cartaz de filme, se for de herói, melhor ainda! Acho magnífico os cartazes de filme; ele tem uma função importante de querer fazer você assistir o filme e o expectador sempre fica com a imagem na cabeça.

Você pretende seguir carreira na fotografia, ou tem outros planos para fazer na faculdade? Quero seguir carreira, quero trabalhar na fotografia publicitária, moda e cinema.

Que dica você dá as pessoas que pretendem seguir a carreira de fotografo? Faça. Acredite em você; vai ser difícil? Claro, como qualquer outra profissão. Mas, se você fica sorrindo de orelha a orelha ao falar sobre, ou melhor, se te faz FELIZ, faça. É a tua vida, teu sonho. Não trabalhe por dinheiro, trabalhe por felicidade e reconhecimento que aí o dinheiro vem! Pode parecer clichê, mas SIGA SEU CORAÇÃO.

Gostaram das fotos da Thainara?  Confira mais cliques no SiteFlickr, Fan Page e Instagram!